Published in

Associação Brasileira de Enfermagem, Revista Brasileira de Enfermagem, 6(75), 2022

DOI: 10.1590/0034-7167-2022-0021pt

Links

Tools

Export citation

Search in Google Scholar

Repercussões da COVID-19 no cotidiano de mulheres residentes em um assentamento rural

This paper is made freely available by the publisher.
This paper is made freely available by the publisher.

Full text: Download

Question mark in circle
Preprint: policy unknown
Question mark in circle
Postprint: policy unknown
Question mark in circle
Published version: policy unknown
Data provided by SHERPA/RoMEO

Abstract

RESUMO Objetivo: Compreender as repercussões da COVID-19 no cotidiano de mulheres em um assentamento rural. Métodos: Estudo de abordagem qualitativa, realizado num assentamento rural do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, em um município no Nordeste do Brasil, entre janeiro e março de 2021. Participaram 48 mulheres por meio de entrevista semiestruturada. Os dados coletados foram analisados pelo método do Discurso do Sujeito Coletivo, à luz do referencial dos processos pandêmicos. Resultados: O agrupamento dos discursos desvelou sentidos semelhantes e/ou complementares acerca das estratégias de enfrentamento e dos sentimentos gerados como consequência da pandemia. Foram organizadas quatro Ideias Centrais: Negação ao progressivo reconhecimento; Percepção do problema, aceitação e explicação da realidade; Negociação; e Retrospecção/reflexão. Conclusão: As repercussões da pandemia estão intrinsicamente relacionadas a uma inóspita realidade da perspectiva da vivência de mulheres que são cotidianamente esquecidas, marginalizadas e silenciadas.